7 erros que você não deve cometer no seu Email Marketing

O e-mail marketing é uma das formas mais atraentes para se dirigir aos consumidores.

É o equivalente da mala direta: rápido, relativamente barato e chega diretamente aos olhos de quem interessa.

Mas alguns erros no e-mail marketing, bem bobos, podem fazer sua empresa derrapar na curva.

Então para fechar a semana, confira a nova contribuição da F2B para o Blog da Vericar: revelamos os 7 principais (e frequentes!) erros nas campanhas de e-mail marketing automotivo. As orientações valem para outros segmentos também.

1. Não fazer a revisão do título

A taxa de leitura do título (ou seja, o campo “assunto”) do seu e-mail é de praticamente 100%, não importa quantas pessoas abram. Alguma informação, portanto, pode ser transmitida no título até mesmo para quem decidir descartar o e-mail. Portanto, um dos principais erros no e-mail marketing é não dar atenção suficiente ao título. Há mesmo quem faça “testes A/B” com títulos, ou seja, mande um mesmo e-mail com títulos diferentes, para ver qual tem mais leitura, e só depois adote o vencedor da disputa para todos os e-mails restantes.

2. Não tomar cuidado com as palavras

Estes são alguns termos adorados pelo pessoal de Revendas e Concessionárias de Veículos: oferta, desconto imperdível, etc. O problema é que os serviços de e-mail dos seus clientes podem entender que elas indicam spam. Outras palavras perigosas incluem desempenho, vendas, barato, bônus, preço, grátis, crédito, garantia, crédito, risco, urgente e outros clichês do gênero. Mesmo no caso de seu e-mail passar pelo filtro antispam, seu cliente pode deletar o e-mail por reflexo por ele se parecer com tantas outras “ofertas imperdíveis” que ele recebe por dia. Se você quiser aprender como fazer e-mail marketing, deve bolar formas de transmitir mensagens sem usar essas palavrinhas “muletas”.

3. Enviar e-mails muito grandes

Atualmente o Gmail, serviço de e-mail mais popular, está “clipando” os e-mails com mais de 101 kilobytes. Ou seja, o usuário recebe um “resumo” do e-mail grande e precisa clicar em uma frase para visualizar o e-mail todo. Como nem todo mundo instala uma extensão que “desclipa” os e-mails automaticamente, se você quer aprender como fazer e-mail marketing precisa regular o tamanho dos e-mails (principalmente das imagens) para garantir que todo mundo irá vê-lo da forma como ele foi concebido.

4. Fazer só promoção

É ótimo receber promoções, mas é difícil comprar mais de um carro por ano. Entre os erros no e-mail marketing está trabalhar com a noção de que a ferramenta só serve para vender. Engano. Quem sabe como fazer e-mail marketing entende que ele é uma ferramenta de relacionamento, que oferece conteúdo relevante para os assinantes. Os e-mails podem e devem ter informações sobre revisão, cuidados com o carro, lançamentos, curiosidades, esportes automobilísticos, passeios, viagens… Tratando o receptor do seu e-mail marketing como assinante de uma revista, seus e-mails vão ganhar taxa de leitura e credibilidade.

5. Não incluir chamadas para a ação

6. Mandar e-mails sem permissão

7. Não segmentar o público

Continue lendo os Erros 5, 6 e 7 no Blog da Vericar →

E a sua empresa? Comete algum destes erros?
Quer aprender mais sobre como fazer fazer e-mail marketing? Converse com a gente!

Deixe uma resposta

Fechar Menu