Identidade Visual para Restaurantes: 4 verdades que você precisa considerar

Há quem pense que o que faz um bom restaurante são, basicamente, a boa comida e um atendimento de qualidade. Certamente isso é importante e faz parte do pacote do restaurante perfeito, mas a verdade é que um bom restaurante é muito mais do que isso.

Em um mercado cada vez mais competitivo e com clientes mais e mais exigentes, sai na frente o restaurante que consegue oferecer uma experiência realmente diferenciada para seus clientes. E, para isso, é preciso investir na identidade visual do lugar.

E se você está se perguntando por que a identidade visual do seu restaurante é tão importante, saiba que a identificação entre o cliente é sua marca é relevante tanto para a atração quanto para a fidelização do seu público. Ou você acha que os amantes do Starbucks pagam caro para estar lá só porque ele tem um bom café?

Certamente existem outros “detalhes” que pesam na escolha pelo local, e neste post vamos te mostrar alguns deles. Veja então 4 verdades sobre identidade visual para restaurantes que você precisa considerar.

1 – Identidade visual como um todo

Identidade visual não é um logo, não é uma marca, não é um estilo de comida ou um uniforme padronizado.

Identidade visual é um conjunto de detalhes que, juntos, expressam os valores do seu negócio. Ela está no layout do seu site e nas redes sociais, na linguagem editorial usada em seus posts, na decoração do seu restaurante, nos uniformes dos seus funcionários, no cuidado com o atendimento, no cardápio, em toda a papelaria de divulgação e também na preparação dos pratos.

Tudo precisa seguir uma linha lógica complementar e coerente.

Se a pegada do restaurante é mais moderna e descolada, por exemplo, não adianta usar um tom formal nas redes sociais. Da mesma forma, se o seu diferencial é ser um lugar divertido o que o cliente vai pensar ao ver um folder ou anúncio no Facebook sem graça? Ele, no mínimo, ficará confuso.

Então, antes de pensar em como expressar sua identidade nos detalhes, saiba defini-la em um contexto maior. Para isso, pense em algumas palavras-chave que definam seu negócio e, só em seguida, tente expressá-las nos detalhes. Você pode pensar em termos como: sustentabilidade, jovialidade, saúde, praticidade, sofisticação, enfim, escolha qual será o seu diferencial e mãos à obra!

2 – O cardápio

Já falamos aqui neste outro post “Cardápio de Restaurante: 4 dicas para transformá-lo no seu maior aliado” sobre como o seu cardápio pode ser um grande aliado na hora de vender mais. Porém, mais do que isso, ele é parte da identidade visual do seu restaurante e, por isso, merece toda a sua atenção.

Se os valores que movem a sua identidade são, por exemplo, praticidade e sustentabilidade, você pode pensar em um cardápio bem prático, onde o cliente escolha as combinações do prato e, claro, inserir nele selos que comprovem as origens orgânicas e sustentáveis da matéria prima usada.

Outra maneira de expressar a praticidade é dando ao cliente uma versão online do seu cardápio onde ele possa ir escolhendo o que vai querer ainda no caminho.

O logo, as cores e o próprio material do cardápio também podem expressar esses valores. Para este exemplo, investir em materiais biodegradáveis e reciclados é uma boa pedida!

3 – Os uniformes

Outro detalhe da identidade visual do seu restaurante que precisa ser considerado são os uniformes. Além de servirem para diferenciar funcionários de clientes, eles são também oportunidades para que você expresse a identidade visual do seu estabelecimento.

Cores, modelagem e estilo precisam ser cuidadosamente pensados para que estejam de acordo com o ambiente e para que componham a ideia do que se pretende comunicar.

Obviamente é preciso ter cuidado para que não haja excesso de informação, mas isso não te impede, por exemplo, de inserir um detalhe como um lenço colorido para cada funcionário, ou mesmo um avental que identifique chefs.

4 – Ambiente

Expressar a identidade na ambientação também é muito importante. Aqui, valem os cuidados com mobiliário e disposição dos móveis, artigos de decoração, temperatura e ventilação do local e música ambiente.

Seu restaurante pode ser conhecido, por exemplo, por tocar música instrumental de qualidade ou mesmo pela decoração rústica ou vintage.

O importante é que a ambientação seja coerente com a identidade que você pretende reforçar. Cada item do ambiente reforça – ou não – essa identidade. Tenha cuidado para não se contradizer!

E lembre-se: prefira ser “único” que ser “melhor”, afinal, o melhor de hoje nem sempre é o melhor de amanhã! Uma identidade forte pode te proporcionar domínio de mercado e é um dos diferenciais mais difíceis de serem copiados!

Precisa de ajuda para começar? Fique com as cenas fortes  deste projeto para uma loja de café da manhã, almoço, artesanato e gelato em Chattanooga, Tennessee. Criado pela SeeMe Design, uma agência inspiradora no segmento foodservice de Atlanta.

 

Identidade Visual para Restaurantes

Deixe uma resposta

Fechar Menu